segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Muffins de Cenoura e Chia

A sugestão que partilho hoje foi uma das primeiras receitas que aprendi a fazer e está recheada de boas memórias. Pertence ao meu primeiro livro de receitas e está manuscrita ainda com letra de criança, cheia de vogais redondinhas e palavras cuidadosamente escritas como se fosse um texto precioso.

Aprendi a fazê-la com a querida Mãe e ainda recordo que a primeira vez que a fiz não consegui deixar em paz o vidro do forno, hipnotizada pelo crescimento da massa. Lembro-me do banquinho de madeira que fui buscar para ali poder ficar, enquanto ouvia a Mãe rir, dizendo que se eu continuasse a olhar, a massa não cresceria mais com vergonha!

Esta receita é muitíssimo fácil de preparar e resulta numa massa fofa, doce q.b., a que as Sementes de Chia (que passei a adicionar mais recentemente) dão uma textura inesperada. Pode ser preparada como bolo ou, como hoje proponho, Muffins gulosos. De uma forma ou de outra, resulta numa perdição pela facilidade com que se comem e, cá em casa, nunca duram muito tempo.

Experimente, e se tiver crianças prepare com elas esta receita e criem memórias divertidas!





Junte-se a nós no Instagram


Nº Pessoas: 5 *
Tempo Prep.:  60 min.
Dificuldade: * (Fácil)
Ingr. Principal: Vegetais
Vegetariano:



Sim (Ovolactoveg)
Para Crianças: Sim
Tipo Prato: Bolo
Festividade: N/A
Cozinha: Portuguesa

* Receita para 25 Muffins médios

Ingredientes:
- 3 a 4 Cenouras médias
- Água q.b.
- 1 pitada de Sal Marinho
- 1 chávena de chá (mal cheia) ou 2,5 dl de Óleo de Girassol
- 4 Ovos
- 1 1/2 chávena de chá ou 300 gr de Açúcar Amarelo
- 2 chávenas de chá ou 360 gr de Farinha Sem Fermento
- 1 colher de chá (cheia) de Fermento
- 1 1/2 colher de sopa (cheia) de Sementes de Chia
Opcional:
- 1 1/2 colher de sopa de Leite Magro
- 50 gr de Chocolate Negro para culinária 70% Cacau (usei da marca portuguesa Pantagruel)
- 1 colher de café (rasa) de Café Expresso em pó (usei da marca portuguesa Alfama)

Vai também precisar de:
- Descascador de Legumes + Faca + Tábua de corte
- Panela pequena
- Escorredor
- Varinha mágica
- Chávena de chá ou Balança de cozinha + Copo medidor
- Tigelas (grandes) de plástico
- Peneira ou passador
- Batedeira
- Salazar ou Espátula de cozinha
- 25 Forminhas de papel para Muffins ou Cupcakes
- Formas antiaderentes para 25 Muffins 

Preparação: 
* Dica 1: Retire todos os ingredientes guardados no frigorífico cerca de 5 a 10 minutos antes de os usar na preparação dos muffins, pois os ingredientes usados frios podem alterar a consistência final da massa.

Descasque as cenouras (se forem de origem biológica* lave-as bem sem precisar de descascar), parta-as em rodelas finas, coloque-as numa panela cobrindo com água e leve a lume médio/ alto até estarem cozinhadas e macias no interior.*

* Dica 2: Se usar cenouras biológicas e as comprar com rama ou folhas, use a rama para enriquecer as suas saladas ou para fazer chás de complemento dietético. É muitíssimo saborosa e contém todos os nutrientes das cenouras, como cálcio, ferro, betacaroteno, vitaminas A e K, etc..

* Dica 3: Quando a água começar a ferver, adicione uma pitada ligeira de sal marinho.

Escorra as cenouras, deite-as numa tigela de plástico, adicione o óleo de girassol e triture tudo com a varinha mágica. Deixe arrefecer completamente.*

* Dica 4: Para acelerar o processo de arrefecimento, mergulhe a base da tigela em água gelada.

Ligue o forno a 200º C (opção apenas de aquecimento em baixo, para fazer crescer a massa sem queimar o topo dos Muffins). Forre as formas anti-aderentes com as forminhas de papel e reserve.

Assim que a mistura esteja completamente fria, adicione os ovos (um a um), batendo em velocidade média. Junte o açúcar e bata bem até que esteja completamente incorporado e a massa comece a formar bolhas. Adicione a farinha aos poucos (previamente peneirada e já com o fermento), batendo continuamente até estar bem incorporada e até que a massa comece a formar bolhas grandes. Junte as sementes de Chia e envolva com ajuda do Salazar ou da espátula de cozinha.

Distribua a massa pelas forminhas, usando uma colher de sopa ou saco de pasteleiro e leve ao forno durante cerca de 20 a 30 minutos (para que a massa não abata, não abra o forno durante a cozedura). Após esse tempo, espete um palito na massa e verifique se está cozinhada (se ao retirá-lo o palito estiver totalmente seco, os Muffins estão prontos).

Deixe arrefecer nas formas e caso pretenda decorar o topo com chocolate (como na foto), adicione a uma pequena tigela refractária o leite magro e o chocolate negro. Leve ao microondas durante cerca de 40 segundos ou até que o chocolate esteja quase derretido. Adicione o café em pó e mexa com uma colher até que todos os ingredientes estejam bem misturados. Decore a gosto o topo dos Muffins.*

* Dica 5: Para que o chocolate se mantenha líquido durante o processo de decoração, mantenha a base da tigela refractária imersa em água bem quente.


Bom Apetite!


4 comentários:

Helena Pereira disse...

Olá Ivete
Só recentemente comecei aconsumir sementes chia, mas nunca em bolos. Esta receita é concerteza um bom começo! Ficaram lindos!
Helena
Cooking

Célio Cruz | Sweet Gula disse...

Ficaram lindos esses muffins Ivete. E há lá coisa melhor que as receitas da nossa infância? Aquelas que viamos as nossas mães fazer e que resultavam sempre? Lidos e irresistíveis com uma cor bem gulosa. ;)
Beijinho.

Ivete Pereira Hipólito [ blog COMIDAcomPAIXÃO ] disse...

Olá Helena! :)

Fico feliz que tenha gostado do aspecto final! :)

Gosto muito da textura que as sementes trazem à massa fofa dos bolos: é um toque inesperado, estaladiço e, no caso específico da Chia, saciante e rica em fibras, cálcio, ômega 3, antioxidantes, proteínas, etc.. E tudo isto numa fatia de bolo ou muffin, sempre ajuda a aliviar a culpa da gulodice! :D :D
Experimente adicioná-las ao seu próximo bolo, quem sabe fique também fã?

Obrigada pela sua visita e pelo seu simpático comentário. :)
Um beijinho grande de volta para si e até breve!

Ivete Pereira Hipólito [ blog COMIDAcomPAIXÃO ] disse...

Olá Célio! :)

Ainda bem que gostou do resultado final desta receita carregada de recordações! Sem dúvida, estas receitas enchem-nos o coração (e a barriga!) de coisas boas, levam-nos de volta aos locais onde fomos muito felizes e isso sente-se sempre no sabor destas delícias carregadas de amor. E, como diz a minha querida avó, "que haja sempre amor e pão nas nossas cozinhas!" ;)

Obrigada pela sua visita, pelo seu simpático comentário e um beijinho de volta para si! Até breve!