sexta-feira, 9 de abril de 2021

Cenas de um (Des)Confinamento | Verbo...

Parte XVII

...da semana: "Praiar"

Material profissional debaixo do braço para o teletrabalho, toalha na cesta, chapéu de palha na cabeça, protector solar na cara laroca desta miúda e praia com ela!

E soube-me pela vida iniciar a semana sem "gaiolas"! É inspirar cada segundo deste luxo, agradecer ao Universo e sorrir.

#omelhordomeucovid

 

 Junte-se a nós no Instagram



Mantenha o distanciamento físico, evite ajuntamentos, use máscara facial, fique em casa sempre que possível e proteja-se, a si, aos seus e à sua saúde. Boa sexta-feira e bom (quase) fim de semana!
 

sexta-feira, 26 de março de 2021

Feijoada de Choco

Esta receita anda para ser publicada há já algum tempo, confesso. E está escrita há meses, mas tem-lhe faltado introdução... E à introdução tem faltado (a minha) vontade de escrever.

Um ano de confinamento, de recolher obrigatório, de distanciamento físico, de não poder abraçar, beijar ou acarinhar quem não viva na nossa "bolha" e em que a proximidade social e o trabalho ganharam ênfase no digital. Um ano de incerteza empresarial, profissional, económica... E em jeito de balanço, em mais de quatro décadas de vida, este foi, sem sombra de dúvida, o ano mais estranho de que tenho memória.

É certo que a vida é mesmo isto, inesperada, surpreendente, num ciclo eterno de transformação e renovação (externas e internas), mas acho que ninguém estava preparado para isto. Para a violência emocional disto, para a mudança de paradigma que a pandemia trouxe a todas as áreas das nossas vidas.

Como partilhei neste post do ano passado, para manter o equilíbrio continuo a focar-me na prática de exercício físico diário, fiz um detox digital durante uns meses até me "centrar" de novo e tenho vindo a regressar ao blog e às redes sociais devagarinho, ao meu ritmo. E hoje foi o dia de voltar, finalmente, à partilha de receitas.

A que trago hoje é um dos meus pratos favoritos para dias ou noites frias. Faz parte do meu repertório (repetido) de comidas de conforto, é super simples de preparar, nutritiva, gulosa e serve 4 pessoas (ou, no meu caso, deixa refeições prontas a comer nos dias seguintes).

Esta Feijoada de Choco faz-me sempre lembrar almoços ou jantares com amigos por cidades ou vilas piscatórias portuguesas, Vila Nova de Milfontes, Sesimbra, Setúbal, Ericeira, Nazaré... Traz-me recordações de fins-de-semana prolongados, divertidos e em excelente companhia, com boa comida (e bem regados no copo), com liberdade de ir e ficar, pelo tempo que se quisesse, sem máscaras faciais, rituais de desinfecção, declarações de circulação ou horários de recolher obrigatório.

Por isso, desde o início da pandemia e do confinamento, passei a prepará-la com bastante mais regularidade cá em casa. E sabe-me sempre a momentos bons, ao regresso a sítios bonitos e "nossos" mas que me parecem tão distantes desde há um ano.

Aceite a sugestão e viaje comigo no prato até terras piscatórias portuguesas, sirva bem quente, salpicado com salsa fresca acabada de picar e acompanhe no copo com um vinho tinto encorpado. E depois partilhe comigo o que achou dos sabores desta "viagem"... Acho que vai gostar.





Junte-se a nós no Instagram

sexta-feira, 12 de março de 2021

Cenas de um Confinamento | Pausa

Parte XVI

Cansaço pandémico. 
Acho que andamos todos (uns mais, outros menos) a acusar a saturação deste "novo normal-anormal" que vivemos há já um ano. 
E por isso, mais do que nunca, é importante saber pausar.

Pausar para descansar a mente. 
Pausar das redes sociais. Das tecnologias. Das notícias.
Pausar das vozes alheias. Do ruído desnecessário.
Pausar das preocupações e das ansiedades.
Pausar para reforçar a fé nos pequenos milagres da vida que acontecem todos os dias. 
Pausar para poder continuar um bocadinho mais à frente, com mais força e energia. 
Pausar para fortalecer, refocar, centrar e redefinir (nos).
 
 

 Junte-se a nós no Instagram



Mantenha o distanciamento físico, fique em casa, use máscara facial e proteja-se, a si, aos seus e à sua saúde. Bom fim de semana!

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2021

Cenas de um Confinamento | Falta-me...

Parte XV

...a vida lá fora. 
Sair à rua sem máscaras.
A liberdade de estar, ir ou ficar.
O calor dos beijos e dos abraços demorados.


 
 Junte-se a nós no Instagram



Mantenha o distanciamento físico, fique em casa, use máscara facial e proteja-se, a si, aos seus e à sua saúde. Boa sexta-feira e bom (quase) fim de semana!

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2021

Cenas de um Confinamento | Xô Preocupações!

Parte XIV

Gosto de dar as boas vindas ao fim de semana assim... A correr com as preocupações, a "purgar o sistema" ao som da minha música e a suar em barda durante 1 h. É que se faz bem ao corpo, faz ainda melhor ainda à cabeça!
 
#omelhordomeucovid



 Junte-se a nós no Instagram



Mantenha o distanciamento físico, fique em casa, use máscara facial e proteja-se, a si, aos seus e à sua saúde. Bom fim de semana!

sexta-feira, 29 de janeiro de 2021

Cenas de um Confinamento | Coffee Break

Parte XIII

Coffee break da manhã em modo teletrabalho... Quem me faz companhia desse lado?
 
#enjoythelittlethings



 Junte-se a nós no Instagram



Mantenha o distanciamento físico, fique em casa, use máscara facial e proteja-se, a si, aos seus e à sua saúde. Bom trabalho, boa sexta-feira e bom (quase) fim de semana!

sexta-feira, 15 de janeiro de 2021

Cenas de um Confinamento | Humor do Dia

Parte XII

Passa esta cozinheira o Natal sozinha, sem família, para ser responsável e garantir a saúde das suas pessoas; inicia o novo ano cheia de esperança e voltamos a isto... A fechar tudo. Por tempo indeterminado. 

Assim de repente, tudo o que me ocorre é isto...

 

Créditos da imagem: Autor desconhecido

 Junte-se a nós no Instagram



Mantenha o distanciamento físico, fique em casa, use máscara facial e proteja-se, a si, aos seus e à sua saúde. Bom fim de semana!

sexta-feira, 1 de janeiro de 2021

Desejos de Ano Novo...

Uma única frase poderia resumir (para mim) o ano que acabámos de enterrar... "Há vinhos que melhoram com os anos. Mas o ano de 2020 só melhorou com vinho!"

E para 2021, só me ocorre um único desejo, que este, o primeiro de uma nova década, seja mais feliz, muito mais feliz que o anterior e que possamos recuperar (senão toda, pelo menos alguma d') a normalidade das nossas vidas.

A si, em particular, que nos faz companhia aqui no blog e nas nossas redes sociais e também aos nossos parceiros, família e amigos, deixamos um enorme OBRIGADA por estar(em) connosco!

Pronta(o) para iniciar mais um livro de 365 páginas?
 


 Junte-se a nós no Instagram



E porque continua a ser importante recordar estas coisas... Mantenha o distanciamento físico, fique em casa sempre que possível, use máscara facial e proteja-se, a si, aos seus e à sua saúde.
Feliz Ano Novo!