quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Muffins de Ovo, Batata, Tomate Seco e Peito de Perú...

...com Saladinha de Rúcula, Tomate & Molho de Azeitonas Verdes e Clementina


A nossa primeira receita de 2017 adequa-se na perfeição ao lado prático, rápido e nutritivo que o nosso actual ritmo de vida exige também às refeições. É que se para nós 2016 foi um ano de ritmos mais lentos e de conclusão de um ciclo, 2017 começou a uma velocidade vertiginosa, carregado de energias criativas e muitíssimo trabalho! Andamos a "cozinhar" tantas novidades e coisas boas por aqui, que as "borboletas" não me largam a barriga... E em breve teremos muito gosto em partilhar convosco todas as novidades - stay tuned!

Quer eu quer o sr. Marido trabalhámos nos últimos anos como profissionais independentes (com toda a insegurança e peso fiscal que isso implica) e em 2016 tomámos a decisão de avançar, finalmente, com uma ideia que tivemos há 12 anos, no regresso de uma viagem ao Brasil. 2017 começaria com a comunhão de esforços, competências e experiências de ambos para criar um novo projecto profissional, a dois, que nos permitisse crescer individualmente e em conjunto enquanto profissionais. E assim começou para nós o novo ano!
Confesso que me sinto um "bocadinho bipolar" com o início desta nova etapa... Se por um lado sinto algum receio e ansiedade com este "mergulho no escuro", por outro, sinto (com total convicção pessoal) que este é o momento certo para o fazer e, por isso, estou igualmente feliz e motivada para fazer desta uma das fases mais felizes da minha/nossa vida! 

Porque andamos frequentemente a correr entre reuniões e há tanto para fazer, agora é ainda mais importante cuidar de nós, da mente e do corpo, através do exercício físico e de uma alimentação equilibrada. Por isso agora é xôôô doenças, que não podemos parar!
E a sugestão de hoje é o casamento perfeito entre a necessidade de preparar refeições rápidas e de nos alimentarmos de forma saudável. Adaptei um dos recheios das Frittatas cá de casa e criei estes Muffins prontos a devorar, frios, mornos ou quentes; em casa, no trabalho ou em movimento.
Simplesmente ADORO a conjugação de texturas destas nossas pequenas delícias e os sabores campestres dos Ovos com as Batatas, o Tomate Seco, a Salsa e o Peito de Perú de sabor fumado e de baixíssimo teor de gordura da Primor! Estes Muffins gulosos ficam prontos a comer em apenas 30 minutos e adaptam-se na perfeição aos pequenos-almoços corridos e sem tempo, aos almoços de marmita no trabalho, aos lanches dos miúdos ou, simplesmente, para aquelas refeições principais em que temos fome mas não queremos "matar" a cabeça (nem os braços) com muito trabalho. E então acompanhados por esta nossa Saladinha de Rúcula, Tomate e molho de Azeitonas Verdes e Clementina... Aiiiiii, tentação!

Aceitem a nossa primeira sugestão de 2017, deliciem-se com estes sabores rústicos e simples e deixem-se inspirar pelos vossos sonhos... Eles sabem o caminho!






[  Junte-se a nós no Facebook  ]

sábado, 31 de dezembro de 2016

Contagem decrescente...

"Amanhã é a primeira página em branco de um livro de 365 páginas. Escreve um livro FANTÁSTICO.", Brad Paisley


http://www.comidacompaixao.com/p/instantes.html

[ Junte-se a nós no Instagram ]



sábado, 24 de dezembro de 2016

Desejos...

Façamos do Natal de 2016 um dos mais felizes das nossas vidas! A todos vós que nos acompanham nesta cozinha, desejamos um...



[ Junte-se a nós no Instagram ]



quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Soufflé de Bacalhau e Camarão...

...com Saladinha de Favas, Limão e Manjericão


Não sei como é convosco, mas na minha família a Consoada tem sempre Bacalhau à mesa. E na minha (muito tradicional) família, o bacalhau da consoada é sempre cozido com batatas e couve portuguesa. Afinal, como diz a querida Mãe, "no Natal mantêm-se as tradições". 
Ora, na cabeça desta cozinheira fraca adepta de bacalhau cozido, quando o Natal começou a celebrar-se na nossa casa, institui uma nova tradição. Na nossa Consoada haverá sempre fiel amigo, mas sempre feito de maneiras diferentes! E este ano (decerto a contragosto do meu tradicional Pai) na Consoada cá de casa haverá Soufflé de Bacalhau e Camarão!

O Soufflé é uma receita de origem francesa (cujos primeiros registos culinários remontam ao séc. XIX) e significa tão simplesmente "soprado". É a "injecção" de ar (obtida através da incorporação delicada de claras batidas em castelo) no creme béchamel que lhe dá a característica única de uma "espuma" arejada.
Os soufflés podem ser doces ou salgados, e são, sem dúvida, delicados! Delicados na textura, no sabor e também nas técnicas de preparação (vejam as dicas na receita). Mas não deixem que isto vos assuste! É que o segredo, afinal, como em tudo na vida, está na prática!

O soufflé que hoje vos trago foi testado (e aprovado pelo querido sr. Marido) e vai fazer um brilharete na Consoada deste ano cá de casa! 
Casei o Bacalhau com o Camarão, enriqueci o béchamel com o caldo de cozedura do marisco e do peixe, adicionei-lhe a frescura da Salsa picada e depois de sair do forno, servi-o com uma deliciosa e inesperada Saladinha de Favas, Limão e Manjericão (inspirada pelo chef Hugo Campos). E a combinação de sabores destas duas sugestões é simplesmente maravilhosa! O soufflé incrivelmente cremoso e arejado, de sabor intenso a mar, com muitas lascas suaves de bacalhau e miolo de camarão, servido assim que sai do forno, conjugado com as favas à temperatura ambiente, macias mas firmes, temperadas com os sabores cítricos e frescos do limão e do manjericão... Mmmmm, delícia!

Aceitem a nossa sugestão e inspirem-se para uma ementa de Consoada diferente, mas cheia de sabor! Sirvam o soufflé assim que sair do forno, porque afinal "os soufflés não esperam por ninguém", deliciem-se com a família, riam, conversem pela noite fora, criem memórias para a vida, sejam felizes e tenham um Santo Natal! ♥







[  Junte-se a nós no Facebook  ]

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Smoothie de Maca Peruana, Fruta e Cacau

Todos os anos visito o "senhor doutor" no início do Outono para um check-up médico. Nada de especial, para além de uma "revisão de rotina": análises ao sangue, ecografia mamária (que a partir do próximo ano passará a mamografia por me aproximar a passos largos dos "entas"), etc.. Este ano, como tinha queixas de episódios continuados de acne hormonal, unhas fracas e quebradiças, queda acentuada de cabelo, alterações de humor e uma sensação de cansaço persistente, pedi também para fazer exames à tiróide.

A tiróide é uma importante glândula endócrina, em forma de borboleta, que fica localizada no pescoço (à frente da traqueia). É responsável pela produção de hormonas como a tiroxina (T4) e triiodotironina (T3) que estimulam o metabolismo do organismo humano, bem como pela calcitonina (responsável pela regulação e equilíbrio do cálcio no corpo).
De forma mais simplificada, a tiróide desempenha um papel fundamental no crescimento e desenvolvimento desde a infância até à idade adulta, na regulação dos ciclos menstruais femininos, na fertilidade, peso, memória, concentração, humor e até no bem estar emocional.

Uma semana após o exame, os resultados estavam prontos e bastou uma leitura rápida (e pouco entendida) das nove páginas de parâmetros em análise, para me deparar com os resultados surpreendentemente altos da TSH (que analisa o eixo Hipófiso-Tiroideu). Valores da T4 e T3 dentro da normalidade, mas uma TSH a "rebentar" a escala do valor máximo de referência. Claramente indicador de que a minha tiróide não está a funcionar bem e isso justificaria todas as "pequenas" queixas que apresentei ao médico em Outubro...
Imaginei que na consulta seguinte, após análise dos resultados, fosse encaminhada para um endocrinologista para exames complementares de diagnóstico mas, para minha surpresa, tal não aconteceu. A leitura do meu médico foi a de que há indicadores de uma disfunção da hipófise (ou glândula pituitária) que está a começar a afectar a tiróide e, por isso, seria benéfico avançar imediatamente para reposição hormonal sintética.
Nessa noite cheguei a casa com uma série de medicamentos para tomar e muitas mais dúvidas do que as que tinha quando cheguei ao consultório médico. Após uma conversa demorada com o meu sr. Marido, ambos concordámos ser adequado procurar uma segunda opinião médica.

Novo médico escolhido, consulta marcada e com muita ansiedade (totalmente contraproducente, eu sei...) na espera pela visita ao doutor, dei início à reposição hormonal indicada pelo meu médico habitual.
Chegada a data da consulta de segunda opinião médica, apresentei todos os exames feitos até à altura e após cerca de 30 minutos de consulta (e apesar de me ter sido dito que ainda teria de fazer outros exames complementares de diagnóstico), saí da clínica a sentir-me muito mais calma e confiante no que quer que venha por aí. Adorei a tranquilidade que me foi transmitida pelo médico que escolhemos e a sua fantástica capacidade de garantir que respondia a todas as minhas questões com serenidade e assertividade. No imediato pediu-me para parar a toma das hormonas sintéticas, com a justificação de que gostaria de fazer o caminho "do mais simples para o mais complicado" e não o caminho inverso, para já, sem mais exames médicos que o justifiquem.

Em casa, e com as hormonas sintéticas guardadas na gaveta até nova ordem médica, tenho-me dedicado a fazer algumas pesquisas para tentar perceber o que existe em termos de suplementos e/ou dietas alimentares que possam ajudar, de forma natural, a reduzir o actual valor anormalmente alto da TSH.
Percebi pelas leituras que tenho feito até ao momento, que preciso reforçar a quantidade de iodo que ingiro (sem causar toxicidade ao organismo, claro), por isso, aumentei o número de refeições semanais de peixe e marisco. Foi também nestas pesquisas que me deparei com inúmeros artigos portugueses, espanhóis, brasileiros e americanos com referência à Maca Peruana e aos seus inúmeros benefícios para a saúde e, mais especificamente, para a regulação hormonal.

A Maca é um tubérculo nativo dos Andes, no Perú, e é utilizada na dieta secular deste país devido às suas propriedades nutricionais. Cultivada a mais de 4.000 metros de altitude, os nativos usavam-na tradicionalmente para aumentar a vitalidade, fertilidade e resistência (imunitária e física).
Este tubérculo possui elevados níveis de cálcio, zinco, potássio, ferro, vitaminas A, C, D, E e outras vitaminas do complexo B, é rico em proteínas e fibras, ajuda a reduzir o mau colesterol, a prevenir doenças cardiovasculares, a anemia, a osteoporose e a diabetes. Contém também uma substância vegetal chamada fitoestrógeno que provoca um efeito similar ao que o estrogénio tem no organismo humano, sendo pela acção desta substância que a regulação das hormonas humanas é potenciada.
Considerada um superalimento, a Maca Peruana pode ser encontrada à venda em pó ou em cápsulas, em lojas de produtos naturais e/ou biológicos e também em farmácias e parafarmácias. Para evitar perda de vitaminas e nutrientes, desaconselha-se a utilização deste alimento (em pó) em preparações quentes.

E é assim que surge a sugestão de hoje... Pela necessidade de equilibrar o sistema endócrino através de alternativas naturais e de começar o dia com uma dose extra de energia física, mental e emocional. E garanto-vos que desde que comecei a preparar este pequeno-almoço cremoso, com intenso sabor a Banana e a Cacau, os meus dias começam com muito melhor humor e vitalidade!
Agora que estamos a chegar ao Inverno, aos dias frios e chuvosos, à época das constipações, tosses e gripes, não percam a oportunidade de reforçar também o vosso sistema imunitário de forma natural e com sabor guloso a Cacau. Ultra rápido de preparar e tão, mas tãoooo BOM que é impossível deixar escapar a última gota da caneca!





[  Junte-se a nós no Facebook  ]

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Omelete de Caneca com Ervilhas e Queijo da Ilha

Fazer um refresh ao mail desta cozinha e ver um convite da produção do programa Você na TV para ir fazer companhia aos sempre bem dispostos Cristina Ferreira e Manuel Luís Goucha, enquanto preparava algumas receitas é, no mínimo, surpreendente! E foi exactamente isso que aconteceu. 
Um bocadinho incrédula contactei de volta a produção do programa e todos os detalhes foram articulados num telefonema: estaria em estúdio, em directo, na segunda-feira seguinte para cozinhar 3 receitas e aproveitar o momento.

Seguiram-se 2 dias de "afinação" de receitas e preparação de tudo o que seria necessário levar comigo. Chegado o dia do programa, carreguei a carrinha e saí em direcção aos estúdios da TVI. Escusado será dizer que estava super nervosa!
Passei o tempo cheia de "borboletas" na barriga mas, ao mesmo tempo, super divertida graças à simpatia e amabilidade da Cristina, do Manuel Luís e de toda a produção! E o resultado foi o que podem ver aqui e aqui...

A receita que hoje vos trago foi a primeira que preparei no programa, dedicada ao tema Receitas em Caneca. Como expliquei na altura, é perfeita para pequenos-almoços por ser tão rápida e fácil de preparar (e praticamente não sujar loiça). Começar o dia com um boost de proteína, muito sabor e o conforto de um prato quentinho pronto a devorar, é uma excelente maneira de alimentar o corpo e alma, com muita energia e boa disposição. E assim já não há desculpa para sair de casa de manhã sem "forrar a barriguinha"!



[  Junte-se a nós no Facebook  ]

Quiche Fingida de Caneca com Fiambre, Dois Queijos e Cebolinho

A produção do Você na TV da TVI lançou-me o desafio de preparar algumas receitas em caneca e esta foi uma das tentações que levei comigo para apresentar a quem nos acompanhou na passada segunda-feira, em casa.

Sugiro esta Quiche Fingida para um almoço rápido e guloso, acompanhada por uma saladinha leve de Tomate e Rúcula. E assim, em menos de 5 minutos, terão uma refeição nutritiva e super fácil de preparar, quase sem loiça para lavar no final.

Vá, confessem lá... Nem um take away demora tão pouco e sai tão barato, pois não?



[  Junte-se a nós no Facebook  ]

domingo, 9 de outubro de 2016

Tostas de Requeijão, Figos, Nozes e Mel

Olha só o lanchinho perfeito para um Domingo preguiçoso! ♥



[ Junte-se a nós no Instagram ]



Venha descobrir mais das nossas sugestões no Instagram e...

Deixe-se inspirar!