sábado, 21 de dezembro de 2013

Mimo de Natal | Compota de Cenoura e Gengibre

ADORO compotas homemade! Permitem aproveitar fruta e vegetais próprios de cada época e ficam sempre bem ao pequeno almoço, brunch ou como ingrediente de amuse bouche de improviso de queijo salgado e tostas crocantes numa refeição de amigos. São fáceis e rápidas de fazer e dão um excelente mimo de Natal para os familiares e amigos mais gulosos.

A sugestão de hoje é uma festa de sabores na boca! A doçura das Cenouras com o ligeiro picante do Gengibre misturam-se na perfeição com a Canela e a Baunilha e a ligeira acidez cítrica da casca de Lima remata tudo na perfeição! Huuuummmm... E já estou a salivar!

Se não a fizer este Natal, experimente-a no Ano Novo e verá que todo o tempo que lhe dedicou terá sido sobejamente merecido!

 
Nota: Veja aqui algumas dicas para decorar e personalizar os seus frascos.



[ Junte-se a nós no Instagram ]


Nº Pessoas: > 10 *
Tempo Prep.:  30 min.
Dificuldade: * (Fácil)
Ingr. Principal: Vegetais
Vegetariano: Sim
Para Crianças: Sim
Tipo Prato: Doces
Festividade: N/A
Cozinha: De Autor

* Receita para dois frascos de 0.5 lt 

Ingredientes: 
- 1 kg de Cenouras
- 3 rodelas de Gengibre fresco
- 1 pau de Canela
- Água fervente q.b.
- 700 gr Açúcar refinado
- 1/3 vagem de Baunilha
- 1 casquinha de Lima
- 1/2 colher de café rasa de Gengibre em pó
- 1/2 colher de café rasa de Canela em pó
Opcional:
- Amêndoa em palitos q.b.

Também vai precisar de:
- Fervedor eléctrico
- Panela média
- Colher de pau
- Varinha Mágica
- 2 Frascos de vidro de tampa hermética de 0.5 litros
 
Preparação: 

De véspera esterilize os frascos que vai usar, utilizando a técnica explicada aqui, aqui e aqui.

Ferva a água no fervedor eléctrico. Descasque as cenouras, lave-as e corte-as às rodelas, colocando-as na panela com as rodelas de gengibre (sem casca) e o pau de canela. Cubra com água fervente e deixe cozer até o centro das cenouras estar mole.

Assim que as cenouras estejam cozinhadas, escorra a água, retire o pau de canela para um prato e, com a ajuda da varinha mágica, reduza tudo a puré sem grumos (com a ajuda de garfo garanta que não ficam pedaços inteiros de cenoura ou gengibre) e volte a colocar a panela ao lume (brando). Adicione o açúcar aos poucos e mexa com a ajuda de uma colher de pau até que o açúcar seja totalmente incorporado. Volte a adicionar o pau de canela que reservou, 1/3 vagem de baunilha aberta longitudinalmente (para que as sementes fiquem expostas), a casquinha da lima (sem a parte branca), o gengibre e a canela em pó. Envolva tudo com a colher de pau. Deixe ferver e após a fervura deixe cozinhar mais 10 minutos.
Descarte o pau de canela, a vagem de baunilha e a casquinha de lima e coloque nos frascos ainda quente, feche e inverta cada frasco (tampa para baixo, para criar vácuo) até arrefecer totalmente.

Dica: Não incorpore a amêndoa em palitos directamente na compota, pois o sabor da amêndoa vai se perdendo com o tempo de conservação, restando apenas a textura contrastante. Ao invés, adicione a amêndoa à medida que vai usando a compota, para manter intacto quer o sabor quer a textura deste fruto seco.


Bom Apetite! 


Sem comentários: