sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Caril de Frango com Lima

And we're back!!

Quem segue esta cozinha e lê também a nossa rubrica Insta[ntes] (onde partilhamos os melhores momentos mensais da nossa rede do Instagram), sabe que tivemos um Verão de cão! Não porque o calor tenha sido intenso e insuportável, mas porque começámos Junho com a morte do pc que nos levou todos os dados que o disco rígido continha. Um disco SSD tão estável e confiável, que com apenas 8 meses morreu para a vida. E esta cozinheira, que não fazia backups há 3 meses (mea culpa), viu todo o seu trabalho desaparecer como letras desenhadas à beira mar. Snifff...

Ainda a recompor-me da desventura informática, em Julho tive um acidente em cadeia no IC19.
Estava parada numa fila de trânsito devido a tráfego intenso. De repente, olho pelo espelho e vejo um carro em excesso de velocidade a entrar na faixa onde me encontrava. E, numa fracção de segundos, vi todo o acidente acontecer, sem poder escapar dali. O veículo em excesso de velocidade bateu violentamente no carro à sua frente e provocou um efeito dominó que só parou na traseira da minha carrinha. E nessa fracção de segundos em que tudo aconteceu, valeu-me a presença de espírito de desengatar o carro, puxar o travão de mão (gosto tanto de caixas manuais!) e preparar-me para o embate. A minha carrinha parou todos os carros e aguentou estóica e eficientemente o embate, sem provocar danos em qualquer outro veículo.
Muita chapa amolgada depois, não imaginaria o "filme" que me esperaria até Setembro com a seguradora... Fiquei sem carro de Julho até Setembro (o que, para quem trabalha, gere todas as necessidades domésticas e mora numa zona servida por poucos transportes públicos, tem um impacto brutalíssimo).
A seguradora solicitou uma peritagem e esta cozinheira, sim senhores. Dessa peritagem sai o pedido de segunda peritagem, pois era necessário desmontar a traseira da carrinha para aferir a extensão dos danos internos, e esta cozinheira, sim senhores. Só que a segunda peritagem não aconteceu na data marcada pela seguradora, nem durante os 7 dias seguintes. E a carrinha desmontada, sem poder circular. Depois espere aí mais uns dias que estamos a elaborar o relatório. Depois espere aí mais uns dias que ainda estamos a apurar responsabilidades. E a carrinha desmontada, semana após semana, sem poder circular e esta cozinheira sem poder ganhar o pãozinho para a boca e o dinheirinho para pagar contas no final do mês.
Só no final do mês de Agosto chegou a assunção de culpa/responsabilidade por parte da companhia de seguros, a autorização de reparação e um veículo de substituição para circular 3 dias (!!!) quando a reparação da carrinha demorou 7, pois os senhores da seguradora não contabilizam o tempo da encomenda das peças + o tempo que elas demoram a chegar + montagem e pintura. E aguente aí mais um bocadinho, que é como quem diz, aguente-se aí até Setembro sem carro e é se quer. Se calhar essa é a resposta que deveria dar também aos senhores da luz, do gás, da água, do supermercado e da renda de casa, uma vez que desde Julho tive de suspender a vida devido a um acidente em cadeia que rebentou com a traseira da minha carrinha e em que eu, afinal, até estava parada numa fila de trânsito. Ahhhh e entretanto ainda assumimos os custos de um advogado porque, infelizmente, só assim é que vamos "lá".

Neste momento já temos pc a funcionar, acabaram-se os dramas dos backups pois o J. tratou de me arranjar uma nuvem pessoal para lá "enfiar" todos os trabalhos, documentos e fotografias sem preocupações de espaço/capacidade e já tenho carro reparado (ou pelo menos, chapa reparada, que os senhores da seguradora assumiram quase 2.500€ de reparação de chapa mas recusam assumir 350€ de reparação do apoio da chapeleira que se partiu no acidente, afirmando que não aconteceu devido ao embate...). Tirámos uns dias para descansar junto às águas quentes do Algarve, voltámos ao nosso Alentejo e regressámos ao trabalho com baterias recarregadas (apesar de ainda hoje me suarem as mãos ao volante quando vejo um veículo muito próximo da traseira da carrinha...).

E com a vida mais recomposta, hoje regressamos às receitas. E trazemos uma sugestão de babar! Este Caril de Frango, aromatizado com 7 especiarias e com um travo fresco e pronunciado a Lima.
É um prato perfeito para dar as boas vindas ao Outono, que chegou ontem a Portugal, e que já se faz sentir quando o sol se põe. Perfeito para partilhar com quem mais se ama, para saborear com amigos e família, para agradecer com gratidão por todas as desventuras da vida que demoram mas se resolvem, pela saúde que temos, pelos risos e gargalhadas que nos animam e pelo amor que recebemos todos os dias. Sejam felizes com as "pequenas" coisas, pois são elas verdadeiramente as mais importantes da vida!






[  Junte-se a nós no Instagram  ]


Nº Pessoas: 3
Tempo Prep.:  30 min. *
Dificuldade: * (Fácil)
Ingr. Principal: Carne
Vegetariano: Não
Para Crianças: Sim
Tipo Prato: Principal
Festividade: N/A
Cozinha: De Autor

* Mais 30 minutos (mínimos) de repouso da marinada

Ingredientes:

Para o Caril de Frango:

* Marinada:
- 4 colheres de sopa de Azeite Virgem Extra
- 1 colher de sobremesa de Açafrão das Índias em pó
- 1 colher de sobremesa de Caril em pó
- 1/2 colher de café de Piri-Piri
- 1/2 colher de café de Paprika
- 2 colheres de café de Sal Marinho
- 1 colher de café de Noz Moscada 
- 1 pitada (a gosto) de Pimenta Preta
- Raspa e Sumo de 1 Lima *
  * Mais o Sumo de 1/2 Lima (a usar apenas quando o Frango estiver a cozinhar)
- 450 gr bifinhos de Frango (cortados em tiras finas)
* Na Frigideira:
- Azeite q.b.
- 2 dentes de Alho finamente picados
- 1/2 Cebola Branca média (ou 1 pequena) finamente picada
- 200 ml de Natas com Caril Parmalat (equivale a 1 embalagem)   

Para Finalizar e Empratar:
- Salsa fresca finamente picada a gosto
- 1 pitada (a gosto) de Paprika

Também vai precisar de:
- 1 Saco plástico de congelação + Tigela cerâmica (das de sopa)

- Tábua de corte + Faca
- Espremedor + Ralador fino 
- Frigideira antiaderente média
- Pinça de cozinha

   
Preparação:
* Dica: Forre o interior de uma tigela cerâmica (das de sopa) com um saco plástico de congelação, enrolando o excedente da abertura do saco para fora da tigela.

Junte ao saco o azeite, as 7 especiarias, a raspa e o sumo da lima. Mexa com uma colher até que todos os ingredientes se misturem bem. Junte as tiras de frango, feche a abertura do saco e agite-o de modo a que o molho envolva bem todos os pedaços de carne. Mantenha o saco fechado (dentro da tigela cerâmica) e leve ao frigorífico, deixando marinar, no mínimo, durante 30 minutos.

* Dica: Para evitar choques térmicos e aumentar desnecessariamente o tempo de cozedura, retire o frango do frio 5 minutos antes de o colocar na frigideira, mantendo-o à temperatura ambiente.

Prepare o refogado em que vai cozinhar o frango: cubra com um fio de azeite o fundo da frigideira, adicione os dentes de alho e a cebola finamente picados e deixe cozinhar lentamente até que fiquem macios e translúcidos. Quando o refogado se apresentar suave, junte as tiras de frango e todo o molho do saco (descarte o saco no final). Envolva tudo no refogado e deixe cozinhar em lume médio/alto. Durante o processo de cozedura, vire os pedaços de frango com ajuda de uma pinça, de modo a que todos os lados da carne fiquem levemente dourados. **

** Sugestão: Nesta altura, comece a preparar o arroz da forma que mais lhe agradar (mas procurando que os bagos fiquem soltos q.b.), para que esteja pronto ao mesmo tempo que o caril de frango.

Assim que o frango esteja cozinhado e ligeiramente dourado, reduza a intensidade do lume/calor, adicione as natas com caril Parmalat e envolva tudo com movimentos suaves e garantindo que todas as tiras de frango ficam bem cobertas. Junte de seguida o sumo de 1/2 lima e mexa suavemente para ajudar a incorporar no molho. Deixe cozinhar em lume brando, até que o molho reduza e comece a ficar espesso. Prove e rectifique o sal, se necessário.

Sirva de imediato, bem quente, com o arroz na base, o caril de frango por cima, refresque com salsa fresca e finamente picada e uma pitada de paprika a gosto.


Bom Apetite!


https://pt-pt.facebook.com/parmalatdagosto/

Sem comentários: